Prótese dentária

 

Esta especialidade tem como objetivo principal realizar a reposição de um ou mais elementos dentários, em meio a infinidade de soluções disponíveis, de modo que se recupere a função (mastigação, fonação, sustentação dos tecidos moles) e estética do sorriso.

Basicamente, pode-se classificar os diferentes tipos de prótese em 3 categorias:

 

  1. Próteses fixas

São as popularmente conhecidas como coroas ou pontes.

As primeiras são “capas” cerâmicas ou metálicas utilizadas para substituir as capas naturais dos dentes, aproveitando a raiz que ainda permanece saudável.

A necessidade de se realizar este procedimento é porque, na maioria dos casos, a coroa do dente já está tão comprometida, que não pode mais ser aproveitada ou restaurada.

Já as pontes são coroas que se apoiam em outros dentes, uma vez que no espaço em que ela ocupa, já não resta nem a raiz do dente para sustentar uma coroa unitária.

 

  1. Próteses removíveis (parciais ou totais)

Conhecidas popularmente como “ponte móvel” e “dentadura”, as próteses removíveis são amplamente utilizadas na odontologia há várias décadas.

Apesar do crescimento acentuado no número de implantes, as próteses removíveis ainda predominam em diversas regiões do país.

Muitos pacientes com certo tipo de aversão aos implantes optam por este tipo de prótese, e não é para menos. Por mais que tenha suas limitações, ainda é um excelente recurso para a recuperação funcional e estética do sorriso.

 

  1. Próteses sobre implante

Explicando da maneira mais simples possível, esta modalidade se caracteriza por uma coroa fixa a um implante. É como se este substituísse uma raiz perdida, e a coroa, ao invés de ser cimentada, é parafusada sobre o implante.

O mesmo princípio é válido para uma prótese total sobre implantes (neste caso, a mais popular é chamada de Prótese Protocolo). Em vez de apoiar-se na gengiva, a prótese é fixa aos implantes, o que confere mais conforto, segurança e estabilidade ao sorriso do paciente.

A implantodontia é uma das áreas na odontologia que mais cresceu nos últimos 10 anos, e não dá sinais de parada. A tendência é que surjam materiais e técnicas cada vez menos traumáticos, e que sejam capazes de proporcionar um sorriso mais natural e agradável tanto para o portador, quanto para quem é encantado por ele.

 

A importância da consulta

A escolha do tipo de prótese que melhor se enquadra em seu caso depende da avaliação do especialista responsável. Com uma consulta simples e alguns exames complementares, pode-se definir o melhor plano de tratamento a ser adotado. Em alguns casos, apenas a visita ao dentista já é suficiente para definir o rumo do tratamento.

Neste sentido, o Centro Odontológico Focos conta com tudo o que é necessário para a realização de sua reabilitação oral. Das técnicas e materiais de escolha, ao laboratório que confecciona as próteses, a clínica conta com tudo o que é necessário para um tratamento bem sucedido.

Para agendar uma consulta ou obter informações, basta clicar no botão abaixo. Você será direcionado(a) para a página de Contato, onde estão os dados necessários para a nossa comunicação.